Todos os Pianos do Mundo

Mūza Rubackytė

Depois de se diplomar no Tchaikovsky Conservatory de Moscow, a pianista nascida na Lituânia venceu o All Union Competition em São Petersburgo. Em Paris, conquistou o Concours international Les Grands Maîtres Français, da Triptyque Association, criada por Ravel, Dukas e Roussel. Na França, foi convidada para o prestigiosos festivais e salas de concerto, como Champs Elysées, Unesco, Opéra Bastille e Capitole-Toulouse. Apaixonada por Lizst, foi uma das primeiras pianistas a tocar o conjunto de três suítes Years of Pilgrimage inteiras em três concertos no mesmo dia. Frequentemente convidada para os principais palcos pelo mundo, em centros como Londres, Santiago do Chile, Buenos Aires, Genebra, Amsterdam e Moscou. Em 2012, tocou o concerto para piano e orquestra Resurrection, de K. Penderecki, homenagem às vítimas do 11 de Setembro de 2001, em Porto Rico. Regularmente convidada para o júri de importantes competições internacionais. Sua discografia tem mais de 30 títulos. Em 2019, dois novos discos com gravações para piano e orquestra de Bartok, Liszt e Schubert/Liszt e um álbum com o quarteto de cordas Mettis, em homenagem a Shostakovich e Weinberg.

PROGRAMA

 L.Godowsky (1870–1938)

Sonata e-moll (1910–1911)
I d. – Allegro non troppo, ma appassionato
II d. – Andante cantabile
IV d. – Allegretto grazioso e dolce
V d. – Retrospect: Lento mesto. Larghetto lamentoso. Maestoso, lugubre: Dies irae. Molto più lento.

F. Chopin (1810–1849)

Sonata Nr. 2 b-moll, op. 35 („Marche funèbre“,1837–1839)
Grave. Doppio movimento
Scherzo. Più lento
Marche funèbre. Lento
Finale. Presto